Como recuperar concentração roubada por tecnologias que misturam dever e prazer

O bom é que a capacidade de se concentrar pode ser treinada. E está ligada à motivação. Por isso, é mais fácil ficar horas no Facebook do que preenchendo planilhas.

É possível treinar a capacidade se fixar em tarefas chatas, diz Barbirato. “Mas, se a pessoa não consegue, pode ser sinal de depressão, ansiedade ou deficit de atenção.”

Para diferenciar a dificuldade normal da patológica, é bom avaliar as causas da dispersão, o prejuízo que gera e desde quando ocorre.

Em casos normais, estratégias ajudam a manter o foco. Estabelecer horários para checar o e-mail e as mensagens do celular é uma delas.

Páginas da internet não relacionadas ao projeto da vez, sem falar em redes sociais, devem ser visitadas em intervalos pré-definidos.

Além de inibir esses fatores de desatenção, ter metas para resolver as pendências é um bom recurso.

Mas a capacidade de manter o foco não é ilimitada. Ao primeiro sinal de que o sistema está “fundindo”, bater papo, dar uma olhada nas notícias ou enviar mensagem a um amigo pode ser bom.

FOCO NO TRABALHO

Não pule o café da manhã
A falta de comida ativa os hormônios do estresse, que o deixarão nervoso e distraído

Comece bem o dia
Estamos em alerta máximo nas primeiras duas a três horas depois de acordar, então comece o dia com a tarefa mais importante

Faça uma lista
Organize suas tarefas por prioridade e use períodos diferentes para executá-las -depois do almoço, faça coisas que exigem menos concentração

Evite todos os estímulos externos que puder
Tire o telefone do gancho, desligue o alerta de e-mail, feche os sites em que não está navegando

Evite as multitarefas
Ponha sua atenção em uma atividade por vez (fazer várias coisas de uma vez aumenta a probabilidade de cometer erros)

Faça uma pausa
Passar 20 minutos no campo (ou no parque) ajuda a restaurar a atenção

Mantenha-se hidratado
Beber água ajuda o cérebro a se manter alerta e facilita a concentração

Ouça música
Se fones de ouvido forem permitidos, use-os para bloquear outros sons e promover um tipo de atividade cerebral que ajuda a concentração

Sempre bebi agua e ouvi música. Ao contrário do que se pode imaginar, música ajuda a se isolar de interferências do meio e se focar somente no que se está vendo.

Posted via email

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s