Minutos de reflexão (e um monte de fotos non-sense)

Outro dia fui almoçar num restaurante de culinária asiática que vende camarões fritos por quilo. Meu lado pão duro me faz ir lá pois quando se compra camarão cru pra fazer em casa, parece que uns 40% do camarão é água que evapora quando se está cozinhando/fritando. 

Comprar o camarão já frito e por um preço por quilo parecido com o do camarão cru me dá uma falsa sensação de esperteza, e todo brasileiro gosta de se enganar e se sentir mais esperto que os outros.

  

Olhei pro prato cheio de camarão frito e comecei a pensar em quantos tinham morrido só pra que eu pudesse satisfazer minha gula. Lembrei de como o homem usa todos os outros animais pro benefício próprio, me senti quase um daqueles caras do greenpeace que vem te parar na rua perguntando "Você se preocupa com o meio ambiente?". 

Estava lá, matutando entre um sushi e outro, quando do lado de fora um motoboy derrapa na pista molhada e cai. Aí o trânsito para, junta um monte de curioso pra olhar, vem um animal e tira o cara do chão de qualquer jeito (lembrando que quando ocorre um acidente e a pessoa parece estar inconsciente no chão nunca se deve transportá-la pois se ela tiver fraturado um osso você pode deixar a pessoa paraplégica, ou até mesmo matar se cortar uma artéria/veia com um pedaço de osso afiado), vem a ambulância depois de um tempo, policial tenta de algum jeito ajudar o tráfego pra não parar, e finalmente tudo volta ao normal como se nada tivesse acontecido.

Comecei então a viajar pensando no motoboy, tomando chuva e se arriscando pra ganhar o salário, e eu lá no seco, comendo camarão, pra ganhar mais que ele. Vi como até entre nós, que nos achamos tão superiores a todos os outros animais, existem diferenças cruéis na vida. Tem gente mais rica que os demais, gente mais inteligente que os demais, gente mais bonita que os demais, tem pessoas que se dão bem na vida ás custas dos outros (e se vc nao acredita em deus, elas vão morrer muito melhor dos que os que tentaram fazer as coisas direito), tem outros que têm pouca educação mas ganham muito mais do que qualquer pessoa com diploma de universidade, tem todo tipo de pessoa. E é exatamente assim que as coisas têm que ser… Na natureza um bicho não é igual ao outro. É exatamente a diferença que faz uma espécie se adaptar melhor e sobreviver.

Pensei no caminho de volta pro trabalho que talvez a gente seja diferente dos bixos, que talvez por sermos racionais devessemos conseguir nos comportar de maneira menos "animal" e ajudarmos mais uns aos outros, nos portando como os "seres supremos feitos á imagem de deus" que a religião tenta nos fazer engolir. 

Mas na natureza tem animais que vivem em sociedade, e muitas vezes se comportam de maneira mais "humana" que nós. Será que se os leões ou os lobos tivessem um cérebro do tamanho do nosso, eles não seriam melhores que nós (em termos de respeito uns pelos outros)? Muito da nossa cultura pode ser apenas fruto do tempo. Nós não temos nada de tão especial. Fazendo o caminho oposto, se nós tivessemos um cérebro menor, e vivessemos guiados mais pelos instintos e sentimentos (inclusive a inveja, ódio, rancor, amor, desejo sexual), será que sobreviveriamos por muito tempo? Ou será que somente os antepassados com cérebro maior conseguiram ser mais racionais que emocionais/instintivos, e portanto sobreviveram a nossa própria natureza auto-destrutiva ? 

Depois de ver no Discovery Channel que os chimpanzés, nossos "parentes mais próximos", tem comportamentos semelhantes aos nossos como travar guerras por territórios, prostituição por comida e assassinato por poder, fico pensando até onde o ser humano é capaz de progredir até que seja impedido pelos próprios instintos. Talvez nossos instintos sejam nosso maior inimigo, e os ideias da maioria das religiões estejam certos.

Posted via email

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s