Guerra contra os sacos plasticos

Depois de 2 meses morando sozinho, uma coisa fantástica que se nota é a quantidade de sacos plasticos que é possível acumular em casa. Tudo usa saco plastico no Brasil.Tudo.
A pior ideia que alguem pode ter é “vou guardar, posso precisar para alguma coisa”. Você não vai precisar deles pra nada, e quando precisar, com certeza vai ser pra carregar algo bem maior do que cabe neles. Sacos plasticos só funcionam quando se usa muitos pra levar coisas pequenas/médias.

Mas afinal, o que fazer com esses sacos todos? Reciclar? A prefeitura faz coleta seletiva em São Paulo?

Por incrível que pareça, a resposta á sim. Pesquisando no site da prefeitura, se o seu endereço estiver em algum destes arquivos de excel, você pode pedir a instalação de um container em seu condominio. Se não for possível a instalação, ainda assim, é possivel deixar o lixo na rua nos dias certos da coleta.

Segundo o site da prefeitura, nem é necessário separar em plastico, papel ou metal. Basta deixar o lixo separado entre úmido ou seco:

Dicas de como separar o lixo para coleta:

-Plásticos: lave-os bem para que não fiquem restos do produto, principalmente no caso de detergentes e xampus, que podem dificultar a triagem e o aproveitamento do material

-Vidros: lave-os bem e retire as tampas
-Metais: latinhas de refrigerantes, cervejas e enlatados devem ser amassados ou prensados para facilitar o armazenamento

-Papéis: podem ser guardados diretamente em sacos plásticos

Lembrando que não é necessária a separação do material reciclável por tipo, somente separar o material seco do úmido.

Não seria surpresa se fosse descoberta alguma fraude envolvendo o lixo reciclado, como por exemplo a venda dos materiais para industria com preço acima do normal par algum processo de lavagem de dinheiro. Ainda assim, prefiro que uma parte do lixo seja reciclado, nem que seja “pra mostrar serviço”, do que pensar que o governo pode lavar dinheiro de outras maneiras.

Segue o contato, caso este post tenha despertado o interesse de alguem:

CONTATO

 

Central de Atendimento – 156

Departamento de Limpeza Urbana (LIMPURB)

Alô Limpeza – (11) 3397-1723/24  3229-3666/3293/4858

Materiais recicláveis:
Os materiais mais comuns encontrado no lixo urbano e que podem ser reciclados são:
– Plásticos:
– Garrafas, embalagens de produtos de limpeza;
– Potes de cremes, xampus;
– Tubos e canos;
– Brinquedos;
– Sacos, sacolas e saquinhos de leite;
– Isopor.

Alumínio:
– Latinhas de cerveja e refrigerante;
– Esquadrias e molduras de quadros;

Metais ferrosos:
– Molas e latas.

Papel e papelão:
– Jornais, revistas, impressos em geral;
– Papel de fax;
– Embalagens longa-vida.

  Vidro:
 – Frascos, garrafas;
 – Vidros de conserva.

 

 

Materiais não recicláveis:
 – Cerâmicas;
–  Vidros pirex e similares;
–  Acrílico;
–  Lâmpadas fluorescentes;
–  Papéis plastificados, metalizados ou parafinados (embalagens de biscoito, por exemplo)
–  Papéis carbono, sanitários, molhados ou sujos de gordura;
–  Fotografias;
–  Espelhos;
–  Pilhas e baterias de celular (estes devem ser devolvidos ao fabricante);
–  Fitas e etiquetas adesivas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s